Pão Diário,  Reflexão,  Versículos de Amor de Deus

A grandeza inigualável de Deus

Não há quem visite as Cataratas do Iguaçu e não se mostre extasiado ante a imponência do espetáculo das águas e das quedas. Ao lado da exuberância da paisagem, quer seja nos dias de cheia ou de escassez, a dança incessante das águas cantantes, não cansa os olhos.

Há sempre mais um detalhe a ser observado. As aves, que fazem seus ninhos, no interior da rocha, entrando e saindo pela cortina de água; as águas que descem barrentas, na cheia, e despejando-se com força, levantam uma nuvem de impecável brancura; 

as gotas que se debatem, ao final da queda, correndo lépidas, desejando vencer o leito do rio, brilhando aos beijos do sol, como cristal líquido. Há os que olham e ficam quietos. Há os que tiram fotos para mostrar para os amigos.

“Ninguém vai acreditar numa coisa tão incrível, como esta queda d’agua!” – dizem alguns, contemplando a garganta em forma de “u” invertido, com 150 metros de largura e 80 metros de altura.

A famosa Garganta do Diabo. 

Há os que se deliciam, se encharcando com as nuvens de água formadas pelas quedas. E capturam o momento, deixando-se fotografar.

Outros ainda se deixam levar pela emoção da lenda da criação das cataratas. Uma lenda tupi-guarani que fala que, há muito tempo, o Rio Iguaçu corria livre, sem corredeiras e sem cataratas. Em suas margens, viviam os índios Caigangues, que reverenciavam o deus-serpente, filho de Tupã. 

O cacique da tribo tinha uma filha, formosa, chamada Naipi. Ela deveria ser consagrada ao culto da divindade, da grande serpente. Um jovem guerreiro, de nome Tarobá, se enamorou de Naipi. No dia da consagração da jovem, o casal fugiu para o rio.

Ambos desceram o rio numa canoa. Furiosa com os fugitivos, a grande serpente penetrou na terra e retorceu-se.  Provocou desmoronamentos, que foram caindo sobre o rio, formando os abismos das cataratas.

Envolvido pelas águas, o casal caiu de uma grande altura. Então, Tarobá se transformou numa palmeira à beira do abismo. Naipi se transformou numa pedra junto da grande cachoeira, constantemente açoitada pela força das águas. 

Vigiados pelo deus-serpente, eles permanecem ali. Tarobá condenado a contemplar eternamente sua amada, sem a poder tocar. A lenda é apaixonante e envolvente. Os namorados a apreciam e se encantam, descobrindo a palmeira e a pedra.

Em verdade, quem se detenha a observar a majestade do conjunto das cataratas, quedas, corredeiras, luxuriante vegetação, não pode deixar de pensar na grandiosidade de Deus. Deus, o escultor incansável que talhou as rochas, no decurso do tempo, com Sua vontade.

Deus, que criou a abundância das águas e lhes conferiu sonoridade, de forma que quem ouve a seqüência das quedas, constante, pode perceber um mantra.

Ou um cantochão. E embalar a própria alma. Enquanto ainda nem havíamos acordado como homens, senhores de nossa razão, Deus espalhava as sementes do Seu amor, criando a mata diversificada, de mil nuances diferentes. 

De verdes que se sucedem e se misturam. De folhas, flores, diversidades, onde as borboletas ensaiam bailados de intraduzível colorido. E, pintor inigualável, continua até hoje, alternando as cores nos arco-íris.

Um aqui, outro acolá, indo de um lado a outro da enorme cratera por onde se esvaem, constantemente, as águas no leito do rio.

Pai Excelso, ainda idealizou uma lição de fraternidade para os povos.

A maioria das quedas de água fica em território argentino. Mas, efetivamente, é do lado brasileiro que se apreciam os mais belos panoramas.

Então, os povos se abraçam. Brasileiros vão à Argentina para ter a vista de lá. Argentinos vêm ao Brasil para assistir ao espetáculo das suas próprias quedas d´agua.

Jesus maravilhoso, quão grande são suas bençãos em nossas vidas. Que Deus seja convosco. 

Amém

Fonte – Reflexão.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.