Bíblia,  Cristianismo,  Deus,  gospel,  heresias,  Jesus,  ministério,  Mundo Cristão

Como discernir os falsos mestres? Pastor mostra 7 sinais de ensinamentos heréticos


Como discernir os falsos mestres? Pastor mostra 7 sinais de ensinamentos heréticos

Como distinguir ensinamentos heréticos foi o tema da conversa entre o Pr. Allen Parr e o apologista Jason Jimenez no podcast “Conversas Desafiantes” compartilhado no YouTube.  

O professor de Bíblia, com quase 1 milhão de seguidores na rede social de vídeos, listou sete maneiras pelas quais os cristãos podem discernir se um líder da igreja é um “falso mestre” e quando ensinamentos não bíblicos estão sendo pregados.

Usando a Bíblia para mostrar seus argumentos, Parr fala sobre a primeira característica que os cristãos devem estar cientes pode ser encontrada em Judas 1:4.

Maneiras de distinguir se um pregador é um falso mestre:

1ª) Se infiltram secretamente entre os cristãos, se disfarçam ao lado dos líderes da igreja piedosa e usam certas táticas de pregação e abordagens que misturam a falsa doutrina com as verdades bíblicas de uma maneira que parece totalmente centrada em Deus. Fazem isso para conquistar a confiança dos fiéis e levar ao engano.

“Os falsos mestres geralmente misturam a verdade com o erro. Eles misturam verdade com heresia. Porque a maioria das pessoas que estão ensinando falsas doutrinas sabem que se eles simplesmente dissessem: ‘Ei, Jesus não é Deus’, então eles sabem que perderiam sua congregação, perderiam seu dinheiro [e] perderiam seus apoios”, disse Parr.

“E assim, muito poucos, realmente nenhum deles sai e diz isso. Mas eles são sempre muito secretos e astutos em misturar verdades suficientes para enganar muitas pessoas, e depois colocar esse falso ensinamento também.”

2ª) Pelo estilo de vida que levam. Parr acrescenta que isso também pode se aplicar a alguns pastores que têm um público maior do que a maioria.

“Obviamente, ninguém é perfeito, mas se há alguém ensinando a Palavra de Deus e está vivendo um estilo de vida que é descaradamente contrário, impenitente, [sem] nenhuma responsabilidade, então seria alguém em quem você gostaria de começar a pensar se quer ou não seguir essa pessoa em particular se ela estiver vivendo em pecado impenitente”, disse Parr.

3ª) Se eles não tiverem nenhuma figura de autoridade divina falando em suas vidas.

“[Judas diz que falsos mestres] rejeitam a autoridade. Então, se você está sob o comando de um pastor e eles não têm autoridade sobre eles, e eles não têm ninguém os chamando e eles não prestam contas a um grupo de pessoas e anciãos, então isso é alguém que é muito perigoso. Eles estão realmente fazendo suas próprias coisas.”

4ª) Quando negam o senhorio e a soberania de Jesus.

5ª) Quando alegam que seus sonhos ou visões estão no mesmo nível de autoridade que a Bíblia.

“A Palavra de Deus é a única Escritura autorizada que temos”, observou Parr.

6ª) Ao se estabelecerem ambientes que são contrários às Escrituras. E como resultado os pastores nesses cenários levam muitos ao erro. 

“Muitas das pessoas que ensinam nessas igrejas progressistas seriam consideradas falsos mestres porque são homossexuais. Eles estão afirmando pessoas que querem fazer um aborto [ou] que querem mudar de gênero e coisas assim”, disse Parr.

“E o que eles estão fazendo é perverter a graça de Deus. Eles estão dizendo: ‘Deus terá graça sobre você. Deus não vai te julgar. Deus não vai discipliná-lo. Você pode ser quem você é e nós podemos afirmar você do jeito que você é.’”

7ª) Estão no ministério apenas para ganhar dinheiro com seus congregados.

“No versículo 11, [Judas] fala sobre [falsos mestres] ‘pegar o caminho de Caim e então se precipitar em busca de lucro no erro de Balaão’. E eu acho que é um enorme. Pessoas que estão tentando usar o ministério simplesmente como lucro”, disse ele.

“Muitos professores de prosperidade estão pedindo ativamente às pessoas que plantem uma semente em seu ministério. E então, ainda pior do que isso, prometer às pessoas que elas receberão uma bênção dez vezes, cem vezes e coisas assim, isso é ridículo. Quando você começa a se deparar com essas situações, pode ser problemático.”

Ao longo de suas mais de três décadas servindo no ministério, Parr disse que trabalhou para “treinar pessoas para serem capazes de discernir a verdade do erro”. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.