cristão,  gospel,  Missões / Ação Social,  muçulmano,  Uganda

Jovem é espancado e expulso de família muçulmana por se tornar cristão, em Uganda


Jovem é espancado e expulso de família muçulmana por se tornar cristão, em Uganda

Um padrasto muçulmano na vila de Lelya-A, no distrito de Kibuku em Uganda, deixou de pagar as mensalidades escolares para seu filho, expulsou o rapaz de casa e o espancou quando soube que o jovem havia deixado o Islã para se tornar um cristão.

Asuman Kaire* está perdendo o último ano no ensino médio, após a decisão de seu pai de parar de pagar suas mensalidades escolares ao saber que o filho se tornou cristão há dois anos.

Depois de colocar sua fé em Cristo em 2017 e congregar secretamente em uma igreja não revelada, o grupo de apoio aos cristãos perseguidos Watchdog Christian Persecution relatou ao Morning Star News, em 2 de julho, que a vida de Kaire começou a desmoronar.

Os parentes muçulmanos do rapaz começaram a monitorar seus movimentos após ele ter deixado de frequentar a mesquita.

Em março, um colega de classe do rapaz, que é muçulmano, disse ao pai de Kaire, Abdu Talisuna*, que seu filho estava frequentando uma igreja.

No dia 7 de abril, Talisuna reuniu companheiros muçulmanos radicais no distrito para atacar o jovem de 20 anos quando ele voltava para casa de um culto na igreja.

“Talisuna sozinho o espancou com um objeto contundente, deixando-o inconsciente, com as roupas ensanguentadas, a perna esquerda quebrada e a mão direita machucada”, disseram fontes ao Morning Star News.

Um ancião da igreja, que testemunhou o espancamento, disse: “Ele clamou por ajuda. Vários membros da igreja ainda estavam por perto e correram para o local. Quando os muçulmanos viram o grande número de pessoas da igreja, fugiram, deixando o jovem inconsciente”.

Kaire foi levado às pressas para um hospital de Kibuku e teve alta depois de uma semana, disse o líder da igreja.

“Meu padrasto me espancou dizendo que eu sou uma desgraça para a família”, disse Kaire ao Morning Star News por telefone. “Depois de me recuperar, receei voltar para casa porque sabia que eles iam me matar.”

Kaire precisa de um lugar a longo prazo para ficar e uma oportunidade para voltar a frequentar a escola em outro lugar, disseram cristãos da área.

*Nomes fictícios por medida de segurança

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.