Covid-19,  Deus,  gospel,  gravidez,  Jesus,  Milagre,  Mundo Cristão,  oração,  risco de morte,  testemunho

Marido impede médicos de desligar aparelhos da esposa e vê milagre: “Orei o tempo todo”


Marido impede médicos de desligar aparelhos da esposa e vê milagre: "Orei o tempo todo"

Autumn Carver foi para a sala de emergência para fazer uma cesariana para dar à luz ao seu terceiro filho. Grávida de 8 meses, ela e o marido contraíram Covid-19 em meados de agosto de 2021. Zach se recuperou rapidamente, mas sua esposa não.

Após o parto Zack recebeu notícias do filho, que apesar de ter ido para a unidade de terapia intensiva neonatal estava bem. Mas sua esposa, estava na UTI, lutando pela vida.

Zach diz que se lembra das palavras assustadoras sobre a condição de Autumn: “Disseram-me que ela tinha zero por cento de chance de sobrevivência. Quer dizer, [aquele] foi o pior dia da minha vida.”

Zach fala sobre sua experiência de oração pela esposa. (Captura de tela CBN News)

“Estou com a Autumn desde os 14 anos. Eu não conheço a vida sem ela, então eles estavam me dizendo que ela não iria sobreviver. Foi terrível”, disse Zach.

Ela precisou de um ventilador para ajudá-la com a Síndrome de Dificuldade Respiratória Aguda logo após a cesariana de emergência para salvar a vida do bebê. Depois, ela foi colocada em suporte avançado de vida chamado ECMO.

Orando por milagre

Nas semanas seguintes, Autumn permaneceu em estado crítico. Tudo o que Zach podia fazer era orar e pedir a Deus um milagre.

“Eu me sentava com ela e orava por ela. Era simplesmente opressor, então eu andava pelos corredores ou me sentava na sala de espera. Eu estava implorando a Ele para mantê-la viva, para deixá-la vencer as adversidades, eu precisava dela, as crianças precisavam dela”, conta.

Zach também recorreu às redes sociais e postou um pedido de oração no Facebook. “Literalmente em todo o mundo milhões de pessoas estavam orando por nós”, diz.

Apesar do terrível prognóstico, Zach manteve uma posição firme de fé por sua esposa. “Eu disse a eles que não iria sair do hospital sem Autumn. Eu orava o tempo todo. Todo segundo. Não consigo explicar, só sabia que ela sobreviveria.”

Durante o dia, Zach manteve uma vigília ao lado de Autumn. À noite, ele visitava suas duas filhas e o filho bebê Huxley, que estavam com os avós.

Ao voltar para uma casa, a via escura e vazia, ele diz. “Foi super triste. Eu entrava, pegava um pouco de comida e ia direto para a cama. Eu odiava estar lá.”

Complicações e milagre

Com a chegada do outono, vieram mais complicações para Autumn: múltiplas infecções, anemia, e até teve parada cardíaca precisando ser reanimada.

Os médicos tiveram poucas respostas e consideraram um transplante duplo de pulmão, mas descartaram a ideia. Em vez disso, eles sugeriram que Autumn fosse retirada do suporte de vida e morresse pacificamente com uma ordem de “Não ressuscitar” em vigor.

Zach conta que recusou a desistir da vida de sua esposa.

“O médico principal disse que havia zero por cento de chance de ela sobreviver. Lembro-me de sair sozinho naquela tarde em algum lugar do hospital. Eu estava orando. Eu só sabia que ela não ia morrer.” 

Zach e milhões no Facebook continuaram a orar quando Zach começou a procurar uma segunda opinião. No início de outubro, houve um momento de esperança. Os sinais vitais de Autumn melhoraram ligeiramente e os médicos concordaram com o pedido de Zach de que ela fosse retirada da sedação e da máquina de ECMO por tempo suficiente para que ela pudesse ver e segurar Huxley pela primeira e talvez pela última vez.

Autumn chora ao se lembrar daquele dia feliz: “Eu obviamente tinha muita pouca força para me segurar, então eles me apoiaram em muitos travesseiros. Eles o trouxeram e o colocaram em meus braços. Zach estava me ajudando e demos uma mamadeira para ele. Então, eles o pegaram e o colocaram ao meu lado, e ele apenas se enrolou e foi dormir.”

A reunião durou pouco, pois Autumn foi colocada de volta na ECMO. Então, outra resposta à oração.

Começo da restauração

Zack diz que o renomado cirurgião torácico, Dr. Ankit Bharat, do Northwestern Memorial Hospital, em Chicago, concordou em avaliar Autumn para um transplante duplo de pulmão.

“Fomos transferidos para Chicago”, diz Zach, “e aquele médico, no segundo dia, disse: ‘Quer você precise de um transplante de pulmão ou não, você vai ficar bem.’”

Embora ainda em suporte de vida, Autumn estava apenas levemente sedada. Agora ela e Zach podiam orar juntos enquanto esperavam pela decisão do Dr. Bharat. Em pouco tempo, o médico deu a eles a melhor notícia que eles poderiam esperar.

Autumn Carver se emociona ao lembrar do milagre que viveu. (Captura de tela CBN News)

“Ele entrou e disse: ‘Você não precisa de um transplante de pulmão, você vai ficar bem.’ Foi uma notícia super boa, uma notícia super, super boa, a gente se abraçou e agradeceu a Deus e ao médico”, Zach relata sorrindo.

‘Eu acredito em milagres’

Aos poucos, Autumn foi retirada da máquina ECMO e foi evoluindo bem. Três meses depois de não ter esperança de sobrevivência, em 11 de novembro, Autumn recebeu alta do Northwestern Memorial Hospital para iniciar três semanas de reabilitação. Ela saiu do hospital sorrindo e sem precisar de ajuda.

“Entramos na garagem, nossos vizinhos estavam em nosso quintal gritando. Estava tentando não chorar”, diz Zach, enxugando as lágrimas. “Foi emocionante.”

Autumn tenta descrever seu retorno ao lar: “Foi uma série de emoções, foi feliz, apenas a oportunidade de ver meus filhos crescerem, de passar um tempo com meu marido. Todo dia é um presente.”

Ela diz que nunca esquecerá o que sua filha disse naquele dia: “Eu acredito em milagres, mamãe”.

Autumn diz que a vida na família Carver nunca mais será a mesma e encoraja os outros a expressarem o amor: “Diga às pessoas que você as ama, dê muitos abraços. Tudo pode mudar tão rapidamente. Você não quer deixar nada por dizer.”

“Estou mais próximo da minha família. Eu oro com meus filhos todas as noites, não fazia isso antes. Sou super grato e não passo o dia sem fazer várias orações. A oração salvou minha esposa, e não apenas salvou a vida dela, mas mudou a minha vida”, reflete Zach.

Autumn acrescenta: “A oração é muito importante. É tudo. Isso salvou minha vida. Quando as pessoas estão inundando os portões do céu, não há como isso ser ignorado.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.