Cristianismo,  Deus,  evangelismo,  gospel,  igreja,  Jesus,  muçulmano,  Mundo Cristão,  testeunho

Menina de 9 anos leva seu pai muçulmano a Cristo: “Sou grata a Jesus”


Menina de 9 anos leva seu pai muçulmano a Cristo: “Sou grata a Jesus”

Filha de um muçulmano e uma cristã, a fé diferente de seus pais fez com que Abel, de 9 anos, ficasse confusa sobre o que deveria seguir. Ela era muito próxima de seu pai, que mandou a menina seguir a religião dele.

“Quando eu tinha cerca de 6 anos”, ela disse à CBN, “eu sabia que minha mãe e meu pai eram diferentes em sua fé. Eu me perguntava por que mamãe ia à igreja e papai ia à mesquita? Eu estava confusa. Meu pai me disse que eu tinha que seguir o Islã.”

Abel conta que tinha dificuldade com a língua árabe e os ensinamentos que lhe disseram que ela tinha que memorizar.

“Papai me disse que eu tinha que ir para um programa islâmico depois da escola”, disse ela. “Mesmo eu não querendo, ele ficava dizendo que eu tinha que ir. Por fim, recusei-me a ir porque não compreendia as lições.”

As coisas começaram a mudar a partir do momento em que Abel começou a observar sua mãe ir à igreja. Ela diz que começou a ficar Abel curiosa sobre como seria e perguntou se poderia ir à igreja.

Escola dominical

Abel conta que na classe da escola dominical para crianças ela aprendeu sobre a Bíblia através do Superbook da CBN.

“Adorei aprender com os desenhos do Superbook. Eles são fáceis de entender!”, ela disse sorrindo. “Eu mal podia esperar para aprender sobre a próxima história bíblica do Superbook. Foi isso que me fez voltar!”

Ela contou em seu testemunho na CBN News, que certa manhã, depois de assistir à história do Superbook de Jesus e Lázaro, tomou a decisão de se tornar cristã.

“A parte que mais amei da história de Lázaro foi quando Jesus o ressuscitou dos mortos. Fiquei realmente impressionada com isso. Quer dizer, Lázaro realmente viveu de novo? Quero dizer, como pode ser isso? Lembro-me dessa história, a irmã de Lázaro, Marta, não acreditou no que Jesus disse. Eu era assim. Mas quando vi Lázaro reviver, decidi realmente acreditar no Senhor Jesus”.

Jesus no coração

Naquela mesma manhã, Abel orou com sua professora.

“Eu disse: ‘Querido Senhor, quero que o Senhor entre em meu coração. Ajuda-me a sempre confiar em Ti, Senhor.’ Eu me senti tão aliviada e feliz depois de orar! Lembro que quando orei, quase chorei.”

A proximidade que Abel tinha de seu pai a fez compartilhar com ele o que estava aprendendo sobre a Bíblia. Ela diz que logo seu pai foi à igreja e orou para se tornar um cristão também.

“Fiquei muito feliz quando meu pai orou para se tornar cristão e quis ir à igreja. Eu disse: ‘Deus, obrigada, papai quer ir à igreja conosco agora.’” 

Agora Abel e seus pais frequentam a igreja com todos crescendo em sua fé. 

“Sou grata a Jesus porque Ele perdoou meus pecados e morreu na cruz para me salvar. Também quero agradecer às pessoas que apoiam o SBK e fizeram suas doações para ele! Obrigada e que Deus te abençoe!”, finalizou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.