Bíblia,  evangélicos,  gospel,  Leitura,  Mundo Cristão,  pesquisa

Menor parte dos evangélicos leem a Bíblia diariamente, diz pesquisa


Menor parte dos evangélicos leem a Bíblia diariamente, diz pesquisa

Muitos evangélicos que frequentam a igreja regularmente são inconsistentes na leitura e reflexão da Bíblia, de acordo com um estudo da LifeWay Research realizado nos Estados Unidos.

Apenas um terço dos entrevistados que frequentam uma igreja evangélica regularmente (32%) lê a Bíblia todos os dias. Outros 27% lê algumas vezes por semana.

Um grupo menor (12%) lê apenas uma vez por semana, 11% algumas vezes por mês e 5% uma vez por mês. Outros 12% admitem que raramente ou nunca lêem a Bíblia.

Frequentadores de igreja entre 50 e 64 anos têm maior probabilidade de ler a Bíblia todos os dias (35%) do que adultos com menos de 50 anos (30%).

Aqueles que frequentam a igreja quatro vezes por mês ou mais (34%) têm maior probabilidade de ler diariamente do que aqueles que têm menor frequência (27%).

“A oração de Jesus por seus seguidores era que eles seriam santificados pela verdade da Palavra de Deus. Não é de surpreender que a vida daqueles que passam mais tempo lendo a Bíblia seja mais parecida com Cristo”, disse Scott McConnell, diretor executivo da LifeWay Research.

Efeitos de longo alcance

Em um estudo de 2016 sobre pais evangélicos que frequentam igrejas, a LifeWay Research descobriu que a leitura regular da Bíblia na infância é o fator que mais influencia na saúde espiritual dos jovens. A pesquisa recente descobriu que a leitura da Bíblia na vida adulta tem efeitos de longo alcance semelhantes.

Os fiéis foram questionados se eles refletem sobre as verdades bíblicas ao longo do dia e se gastam tempo com Deus quando passam vários dias sem ler a Bíblia. As respostas a essas perguntas estão intimamente ligadas à regularidade da leitura da Bíblia.

Entre os fiéis que dizem ler a Bíblia todos os dias, 51% pensam nas verdades bíblicas durante o dia. Entre aqueles que lêem a Bíblia algumas vezes por semana, 32% dizem o mesmo. Isso cai para 20% entre os que lêem as Escrituras uma vez por semana ou algumas vezes por mês e 9% entre os que lêem uma vez por mês ou menos.

“Este é um caso em que a ação de ler a Bíblia influencia os pensamentos de alguém”, disse McConnell. “Essa atenção plena nas verdades de Deus tem benefícios adicionais de influenciar outras ações e discursos”.

Você sente falta de passar tempo com Deus?

Um terço dos evangélicos (33%) concorda fortemente que passam tempo com Deus se ficarem vários dias sem ler a Bíblia. Outros 58% concordam um pouco. Cerca de 20% discorda e 22% não têm opinião.

Quanto mais regular o hábito de leitura da Bíblia, mais é provável que os frequentadores de igreja sintam falta desse tempo com Deus. Entre os protestantes que lêem a Bíblia todos os dias, 65% concordam fortemente. 

Esse número é cortado pela metade entre aqueles que lêem as Escrituras algumas vezes por semana (32%). Ele continua diminuindo entre aqueles que lêem uma vez por semana ou algumas vezes por mês (13%) e entre aqueles que lêem uma vez por mês ou menos (6%).

“Uma indicação de que a leitura da palavra de Deus é benéfica é o quanto os leitores sentem falta depois de não ler por alguns dias”, disse McConnell. “Isso se encaixa com a própria descrição da Bíblia de si mesmo como sendo ‘viva e eficaz’”.

A pesquisa online abordou 2.500 protestantes entre 14 e 29 de janeiro de 2019. Os analistas buscaram equilibrar gênero, idade, região, etnia, renda e afiliação denominacional. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.