evangelista,  gospel,  Inglaterra,  liberdade religiosa,  Londres,  muçulmanos,  Notícias,  Polícia

Polícia de Londres se desculpa por prender evangelista e paga 10 mil libras em danos


Polícia de Londres se desculpa por prender evangelista e paga 10 mil libras em danos

A Polícia Metropolitana de Londres, na Inglaterra, se desculpou por prender injustamente uma evangelista de rua e pagou 10 mil libras em danos.

Hatun Tash, de 40 anos, foi detida por duas vezes no Speakers’ Corner, um espaço de discursos públicos e debates localizado dentro do Hyde Park, após relatar aos policiais que estava sofrendo assédio e ameaças de manifestantes muçulmanos.

Em vez de proteger seu direito de livre expressão, os oficiais acusaram a evangelista de perturbar a ordem pública.

Depois de ser mantida sob custódia por 24 horas antes de ser libertada sem acusações, a cristã entrou com uma ação judicial contra a Polícia de Londres.

Os advogados de Tash afirmaram que sua prisão foi ilegal e que ficou claro que ela nunca deveria ter sido detida.

“A polícia deveria ter protegido sua liberdade de expressão, trazendo mais policiais ao Speakers’ Corner para facilitar seus direitos”, declarou sua equipe jurídica em comunicado.

Comentando o caso, Andrea Williams, executiva-chefe do Christian Legal Centre, um escritório de advocacia que defende os direitos religiosos, afirmou: “Este pagamento a Hatun é uma rara admissão da polícia de que eles erraram”.

E acrescentou: “Hatun é uma mulher destemida e apaixonada, que ama Jesus e que tem amor e compaixão por pessoas de todas as origens, com quem ela debate e quer alcançar com o Evangelho, que transformou sua vida”.

O inspetor Andy O’Donnell, da diretoria de padrões profissionais da Polícia de Londres, pediu desculpas diretamente a Tash em uma carta, lamentando o sofrimento que enfrentou e admitindo que “nessas ocasiões, o nível de serviço caiu abaixo do padrão exigido”.

Esfaqueada enquanto pregava

Além da indenização, a polícia concordou em pagar os custos legais da evangelista. 

Em 2021, Tash foi esfaqueada no rosto por um homem desconhecido, vestido de preto, enquanto pregava no Speakers’ Corner. A polícia informou que está investigando o incidente. 

Hatun Tash faz parte do ministério Defend Christ Critique Islam, que tem o propósito de “pregar o Evangelho aos muçulmanos usando apologética e polêmica”.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.